quarta-feira, 8 de julho de 2009

Eles lutam pela vida

Maria das Graças conversa com Eliete sobre a importância do grupo em sua vida

Grupo de voluntários de combate ao câncer de Santa Fé
completa 5 anos de solidariedade e amor ao próximo

Por Vívian Curitiba
especial para o Bom Dia Fernandópolis

Eles tem um objetivo: salvar vidas. Não curam enfermidades do corpo, mas atuam como médicos da alma e salvam portadores de câncer da solidão, tristeza, fome e vergonha. Esse é o grupo de voluntários de combate ao câncer de Santa Fé (GVCC), que completou no último dia 30, 5 anos de amizade, coragem e muita solidariedade ao portador de câncer.
A Ong que começou com apenas 3 voluntários tem atualmente 45 pessoas engajadas em melhorar a qualidade de vida do próximo doando cestas básicas, fraldas, suplementos, remédios, mas acima de tudo, muito carinho nas visitas às casas dos doentes.
A fundadora da entidade, Eliete Buosi Antunes, conta que desde a criação do grupo já foram realizados 3 bazares beneficentes em prol do Hospital do Câncer de Barretos, que renderam R$68 mil, além da doação de 3.780 peças entre roupas, sapatos, brinquedos e lanches para a casa de apoio de Santa Fé em Barretos Ela explica que a renda para as doações à pacientes de Santa Fé vem através do artesanato produzido pelas voluntárias e que é vendido no Espaço do Artesão, ao lado da praça da Matriz. “É muito gratificante para mim poder ajudar essas 15 pessoas carentes. Faço porque gosto. Porque ajudar não me custa nada, pelo contrário, me ensina muito”, disse.
Elaine da Silveira é voluntária do grupo desde a sua fundação, ela lembra que começou a participar das atividades quando seu pai teve a doença e não parou mais. “A doença do meu pai e a amizade com Eliete me motivaram a ser uma voluntária e hoje enxergo a vida diferente. Dou mais valor ao carinho, a amizade, a solidariedade do que antes de entrar no grupo”, comentou.

Muito mais do que ajudar

Uma das primeiras pessoas que recebeu a ajuda do grupo de voluntários foi Maria das Graças Leão, de 53 anos. Ela enfrenta o câncer de pele há 13 anos e já passou por 37 cirurgias. A dona de casa lembra que conheceu Eliete quando os voluntários promoveram um bazar para ajuda-la com mantimentos. “Eu nunca mais vou esquecer. Aquele bazar rendeu R$700 e marcou o início de uma grande amizade”, revelou Maria das Graças, que recebe mensalmente do grupo um vidro de óleo de girassol, essencial para seu tratamento de pele, e que custa R$70 nas farmácias.
Quando questionada sobre a importância dos voluntários em sua vida, Maria das Graças responde com lágrimas, e diz que encontrou no grupo muito mais do que simplesmente uma ajuda eventual. “Encontrei uma amizade verdadeira. Eu e Eliete nos falamos todos os domingos, ou ela me liga ou eu ligo para ela. Isso não é apenas um gesto voluntário, é um gesto de amor”, declarou ela à amiga.

Serviço

O GVCC se encontra todas às terças-feiras na sede da instituição para produção e venda de artigos de artesanato. O grupo aceita qualquer tipo de doações, seja através de material para artesanato, alimentos, roupas ou em dinheiro. Para saber como ajudar ligue (17) 36311061. Para ser um voluntário procure a sede da Ong na Avenida Conselheiro Antônio Prado 1230, em frente ao Fórum.

2 comentários:

  1. Comemorando o 7 de Setembro

    Me desculpem os leitores que já se manifestaram por repetir a mensagem.

    Aproveitando a idéia da Passeata Virtual Fora Sarney, faço aqui a sugestão de que no dia 7 de Setembro de 2009, façamos outra passeata virtual, nos organizando desde já.

    Esta passeata, como a Fora Sarney, começaria no seu computador e terminaria em vários pontos:

    Na presidência da República, No Congresso Nacional, No Supremo Tribunal Federal, na Procuradoria Geral da União, na Assembléia Legislativa de seu estado, no Palácio do Governo do seu estado, na Câmara de Vereadores de sua cidade e na Prefeitura de sua cidade.

    A idéia é enviar o maior número possível de emails de protesto contra a situação atual, da falta de ética, de moral, de honestidade de nossos governantes e parlamentares.

    Denunciaremos o governo federal por agir a margem da lei com a campanha eleitoral antecipada, o que é ilegal, e exigindo, como cidadãos, que fossem tomadas as devidas providências.

    Os e mails seriam mandados para os seguintes enderêços:

    Senado Federal: Alô Senado http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=alo_sugestoes&area=alosenado

    Câmara Federal: Fale com o deputado: http://www2.camara.gov.br/canalinteracao/faledeputado

    Supremo Tribunal Federal – Central do Cidadão - http://www.stf.jus.br/portal/centralCidadao/enviarDadoPessoal.asp

    Procuradoria Geral da União - pfdc@pgr.mpf.gov.br

    Presidência da República – Fale com o Presidente - https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

    Gostaria de ter a opinião dos leitores com relação a idéia.

    ResponderExcluir
  2. Parabénssss pelas matérias...pelo trabalho...desenvolvido....aq... assuntos....interessantes..q nos trás muita informação..
    beijo....

    ResponderExcluir